“Operação duas rodas do 3º DPRE” de Caicó termina com 18 motocicletas apreendidas e encaminhadas para o DETRAN em Natal

Por Niltinho Ferreira – Atendendo um pedido da população caicoense que reclamava das inúmeras motocicletas em situação irregular circulando na cidade, muitas delas inclusive sendo usadas em práticas de crimes, o comandante do 3º DPRE major Silva Neto resolveu implementar em Caicó a operação “duas rodas”, que visa tão somente atuar de maneira mais incisiva esse tipo de fiscalização.

Com uma parceria firmada junto ao 1º DPRE e o DETRAN em Natal, as motocicletas irregulares que tem sido abordadas nas blitz realizadas no nosso município, são apreendidas, autuadas e encaminhadas para o pátio do órgão de trânsito na capital, sendo transportadas num caminhão que vem buscá-las periodicamente no 3º DPRE.

Durante esta semana os policiais flagraram e apreenderam na operação “duas rodas” 18 motos e ciclomotores (cinquentinhas) com CRLV atrasado, algumas com falta de equipamentos obrigatórios e até uma com placa amarela. Os veículos foram devidamente embarcados e encaminhados.

Os proprietários devem agora procurar a sede do DETRAN na capital para buscar a regularização e reaver seus veículos.

3 Comentários

Alessandro

mar 3, 2015, 9:01 pm Responder

Por qual motivo as “cinquentinhas” estavão sendo apreendidas?

Fátima Fernandes

mar 3, 2015, 2:14 am Responder

Chorem agora…..escreveu e não leu…é analfabeto. k k k k k k k k k kk k k

roberto

mar 3, 2015, 11:09 am Responder

Fátima,escreveu não leu o pau comeu,rssrsrs,ou como queira é analfa…estamos precisando desse tipo d operação cotidianamente,pois os assaltos q estão acorrendo em Caicó é raríssimo alguém ser assaltado por marginal a pé,a 50 cc,ou seja;a motoneta ela é usada p/ assalto por ser difícil ser identificada e agil, pois a prefeitura não criou ainda uma emenda obrigando os condutores a emplacar como esta ocorrendo na grande natal,o motor detas motonetas só atingem 50 km/hr,quando original,mais esta sendo comercializado motores clandestinos de pop 100,que altera a velocidade desse meio d transporte,chegando a atingir até 100 km/hr,o “Cpre” esta algumas vezes fazendo essa operação e esta tendo êxito,o que deveria aumentar as abordagens principalmente nos bairros periféricos.

Deixe uma resposta para Fátima Fernandes Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.