Pelo menos 380 baleias morreram encalhadas na Austrália

Foto: Brodie Weeding/EPA

Ao menos 380 baleias-piloto que estavam encalhadas em uma baía da Tasmânia, sul da Austrália, morreram, apesar das várias tentativas de salvamento, anunciaram as equipes de emergência nesta quarta-feira (23).

O número indica que a grande maioria dos 460 cetáceos encalhados na baía faleceu nas últimas horas. “Podemos confirmar que 380 cetáceos morreram”, declarou Nic Deka, diretor do Departamento de Parques e Vida Silvestre da Tasmânia. “Quase 30 continuam vivos e a boa notícia é que conseguimos salvar 50”, completou.

Na segunda-feira (21), 270 baleias-piloto foram encontradas encalhadas. Desde então, equipes de resgate trabalharam para tentar libertar os mamíferos de um banco de areia que só pode ser acessado por barco.

Outro grupo, de quase 200 baleias mortas, foi localizado nesta quarta-feira graças a um voo de reconhecimento. Este é o pior incidente do tipo registrado na Tasmânia, um estado insular da costa sul australiana. (Veja mais AQUI).

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado.