Polícia Civil prende colombianos suspeitos de praticar “agiotagem” no RN

A Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) de Mossoró, com apoio da 1ª DP e 2ª DP de Mossoró, realizou a Operação “Hijos de La Plata”, na manhã desta sexta-feira (25).

A ação policial resultou na prisão três colombianos suspeitos de integrarem uma associação criminosa que praticava os crimes de agiotagem e lavagem de dinheiro, em Mossoró. Foram detidos Duberney Garcia, 32 anos, Raul Leyton Lopes, 23 anos, e Marly Andrea Nieto Escobar, 23 anos. Durante a Operação foram cumpridos oito mandados judiciais, sendo quatro de prisão temporária e quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró.

“Nossas investigações revelaram que os suspeitos realizavam empréstimos a juros exorbitantes aos comerciantes mossoroenses, de maneira clandestina e ilegal, sem qualquer autorização ou licença dos órgãos competentes. O modo de agir da quadrilha era quase sempre mesmo: distribuíam cartões de visita, onde ofereciam a contratação de empréstimos. Eles também abordavam os lojistas ou camelôs, tanto no centro da cidade quanto no shopping popular `vuco-vuco´, onde se concentra a maior parte do comércio informal, a fim de angariar clientes”, detalhou o delegado José Vieira de Castro, titular da DEFD.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.