Polícia Civil resgata vítima de tortura, sequestro e roubo na Zona Rural de Macaíba

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba resgataram, nesta sexta-feira (31), um homem de 43 anos, técnico em aquicultura, que estava no RN para fins de trabalho. Ele foi vítima da prática dos crimes de tortura, sequestro/cárcere privado e roubo. O homem foi abordado, vindo da cidade de Canguaretama, na quinta-feira (30), por volta das 19h, no bairro do Centro do município de Parnamirim.

Ele estava esperando um veículo, de um aplicativo de lotação, com destino ao município de Mossoró, de onde se destinaria à cidade de Aracati (CE), quando chegou um homem portando uma arma de fogo do tipo revólver, obrigando a vítima a embarcar no veículo. Já dentro do carro, onde havia mais dois homens, a vítima começou a sofrer violências físicas; mas, antes disso, teve sua cabeça colocada em saco preto, no intuito da não identificação dos agressores.

A vítima ouviu os suspeitos afirmarem que ela era o “Mago”, sem dúvida alguma, pois já sabiam que “Mago do PCC” estaria no local onde foi sequestrado.

O aquicultor de 43 anos foi levado para uma casa não identificada, localizada após uma estrada carroçável, onde continuou a sofrer, severamente, violências físicas, sendo julgado como “O mago do PCC”; mesmo com a vítima sempre negando e afirmando aos seus torturadores que é “uma pessoa de bem”, que não possui envolvimento com práticas criminosas e que estavam cometendo um engano. A vítima também teve seu tênis, da marca “Puma”, da cor “Azul”, roubado.

As violências perduraram até o dia seguinte, a sexta-feira (31), quando um dos suspeitos confirmou que estavam cometendo um engano. Em seguida, a vítima foi posta em um veículo e conduzida até um local não identificado, na Zona Rural de Macaíba, onde foi abandonado, possivelmente, na localidade do “Pé do galo”; um dos suspeitos disse que a vítima tinha “sorte” por não ter morrido. O homem de 43 anos foi localizado por moradores por volta das 13h30 desta sexta-feira (31), quando foi socorrido por policiais civis.

A vítima foi conduzida até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), por suspeita de fraturas, e, em seguida, ouvido na DM Macaíba. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando denúncias anônimas sobre crimes e foragidos da Justiça pelos números 181 ou pelo 98114-4042 (Delegacia Municipal de Macaíba).

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.