Policial Militar que morreu vítima do coronavírus tem pertences roubados no Giselda

O policial militar do Rio Grande do Norte, Elcio Carvalho, que morreu na última quarta-feira (27), vítima da Covid-19, teve todos os pertences pessoais roubados dentro do Hospital Estadual Giselda Trigueiro.

A esposa do militar foi em busca dos pertences pessoais do marido (como aliança de casamento, relógio e celular) porém, não encontrou nada no hospital.

De acordo com informações passadas pela viúva, o hospital se prontificou de devolver em quantia (indenizando-a) os pertences que sumiram. O policial Elcio Carvalho era cabo da PM e estava lotado no 3º Batalhão de Parnamirim, na região Metropolitana de Natal.

Com informações do Blog do jornalista Eugênio Bezerra / Via Blog do BG

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.