Proposta de Orçamento para 2021 é entregue ao Congresso e prevê salário mínimo de R$ 1.067

Foto: Reprodução

Em reunião no Palácio do Planalto nesta segunda (31), o governo entregou ao Congresso Nacional o projeto de lei do Orçamento de 2021 (PLN 28/2020). O desafio é equilibrar as contas públicas e respeitar o teto de gastos em meio às despesas impostas pela pandemia do coronavírus. O salário mínimo previsto é de R$ 1.067.

O governo prevê crescimento de 3,2% do Produto Interno Bruto (PIB), mas o deficit primário estimado é de R$ 233,6 bilhões. Para o diretor da Instituição Fiscal Independente (IFI), Felipe Salto, a peça orçamentária traz um quadro “irrealista” para o ano que vem, até porque o projeto não prevê programas onerosos já anunciados, como o Renda Brasil, que deve substituir o Bolsa Família.

“O governo parece comprometido ainda com o teto de gastos, mas não mostrou os números de uma maneira totalmente transparente”, observou Salto. Conheça números do Orçamento de 2021 na reportagem da TV Senado, que ouviu o relator do projeto, senador Márcio Bittar (MDB-AC). 

AGÊNCIA SENADO

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado.