Sobre polêmica em São Fernando: Leitor desabafa, “consequência de voto vendido”

“O que acontece em São Fernando, nada mais é do que uma permanência do poder nas mãos erradas. E quando falo isso, não me refiro diretamente ao prefeito, mas principalmente à Câmara de Vereadores. O prefeito não é responsável por tudo que acontece em uma gestão, as pessoas têm que lembrar que os vereadores quando juntos e articulados, podem ter mais poder que o prefeito.

O que acontece é que as pessoas remetem tudo de ruim de uma gestão ao prefeito e esquecem que dentro de uma prefeitura há outros poderes que influenciam na gestão do município. Essas mesmas pessoas que hoje estão revoltadas com o acontecido com Bené, irão esquecer o fato e vão eleger os mesmos vereadores que hoje atuam em São Fernando. É um ciclo, se querem mudanças, mudem o voto. Não apenas o voto para Prefeito, mas também o de vereador, por que ele é tão importante quanto. 

O que me revolta, é ver constantemente, pessoas insatisfeitas com o que acontece no município e na hora de irem às urnas se deixam influenciar por “propina”. Isto mesmo, essas pessoas vendem seus votos por valores baixíssimos e esquecem que colocando esses vereadores no poder terão que aguentar as consequências por mais 4 anos! Vamos acordar,pessoal. Quem sofre essas consequências não são apenas você, é seu filho, seu pai, seu irmão, sua mãe, seu sobrinho, enfim… todos!!!

Tudo está em jogo: a qualidade da educação, a qualidade da saúde, a qualidade do esporte. E isso não depende só do prefeito, depende dos vereadores, pois são eles que aprovam ou deixam de aprovar projetos, são eles que aprovam ou deixam de aprovar várias medidas referentes ao município. Então, se você ficou insatisfeito com o que acontece hoje no município, mude! Mude seu voto.

Vamos renovar o governo de SÃO FERNANDO!Há tempos que o mesmo grupinho de ‘parasitas’ vivem dessa prefeitura. Eles constituíram famílias, gerações dentro da prefeitura.Entra ano e sai ano e são os mesmos políticos lá dentro. Está na hora disso mudar ou nunca sairemos dessa situação vergonhosa, onde eles podem tudo e nós só podemos ficar com as migalhas. Está na hora de novas pessoas,com novas idéias e propostas entrar nessa prefeitura.

Uma pena que a falta de informação ainda atinge muitas famílias no município e que aquelas famílias mais humildes e vulneráveis ainda são influenciadas por promessas e “esmolas” em época de eleição. Mas, aqueles que têm informação e que são cientes do poder que seu voto tem,merecem REAGIR E TIRAR ESSE POVO DO PODER.NÓS, população, podemos mais do que eles, afinal, eles só têm esse emprego por que nós demos e só nós podemos tirar.
Um abraço!”

1 Comentário

José Orlando de Medeiros

abr 4, 2015, 10:24 am Responder

NOTA DE ESCLARECIMENTO A POPULAÇÃO

A presidência da câmara municipal vem por meio desta nota, informar a população da cidade de são Fernando, além de tecer alguns esclarecimentos a respeito da presente discórdia sobre a suplência nesta Casa Legislativa:

1-Inicialmente a vereadora Fernanda Lins, estava decidida a não pedir afastamento da função de vereadora.
2- Semanas após o atestado firmado pelo médico Paulo de brito lira, o prefeito de são Fernando, orientou a mesma, a solicitar licença maternidade, algo que ela não tinha feito para o parto da outra criança.
3- Precisamente no dia 20 de março, a vereadora protocolou o pedido de licença, nesta secretaria, para vigorar a dita licença a partir do inicio de abril.
4- A presidência da Casa Legislativa, tinha que obedecer a lei orgânica municipal, além do regimento interno, e fez a convocação do 1° suplente da coligação do PSB (Partido Socialista Brasileiro) nas eleições de 2012 (Josinaldo Dantas de Medeiros).
5- É importante salientar, que por lei o referido suplente tem 15 dias para formalizar a desistência ou tomar posse do cargo em aberto de vereador.
6- Para a surpresa geral, no dia 17 de abril, o senhor Josinaldo Dantas de Medeiros compareceu ao plenário da câmara municipal para tomar posse.
7- A câmara de vereadores cumpriu a obrigação de dar posse ao primeiro suplente da coligação, cabendo aos demais suplentes questionar na justiça a referida posse do senhor Josinaldo Dantas de Medeiros.
8- É importante destacar, que a mesa da câmara municipal vai formalizar, junto à prefeitura municipal, sobre contratos que por ventura existam entre o senhor Josinaldo e a prefeitura de são Fernando.
9- Eu quero afirmar que a câmara municipal, nada tem haver com acertos que ocorreram entre o segundo suplente e a vereadora Fernanda Lins.
10- Eu tenho consciência que tomei a decisão correta, ao cumprir integralmente o que diz o regimento Interno e a Lei orgânica do município. Art. 52, parágrafo 5° da Lei Orgânica e Art. 7° do Regimento Interno.
Finalizando esta tamanha discórdia, afirmo e tenho consciência, que ambos os suplentes de vereadores são pessoas cheias de má vontade contra a minha pessoa (quem não se lembra das eleições de 2012), e, portanto eu não tenho motivo em tomar partido por nenhuma das partes, e sim, estou cumprindo a lei.
E por ultimo quero afirmar que ao longo da minha vida, tanto ela política como pessoal, eu sempre contei com a inspiração divina para isolar pedras e espinhos na minha vida.

José Orlando de Medeiros
Vereador Presidente da Câmara Municipal de São Fernando

Deixe uma resposta para José Orlando de Medeiros Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.