Açude Caldeirões é o primeiro a sangrar após 127 milímetros de chuva no mês


O açude Caldeirões, na cidade de Saboeiro, atingiu 100% da sua capacidade nesta terça-feira (20). Este foi o primeiro dos 155 açudes monitorados pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh) a sangrar neste ano.

O reservatório sangrou após o acúmulo de 127 milímetros de chuvas ocorridas em Saboeiro desde o início de fevereiro, conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). 

Ainda segundo a Funceme, choveu nesta terça-feira 115 cidades com precipitações de até 148 milímetros, no município de Milagres. Em Barro e Mauriti a chuva foi de mais de 80 milímetros.Mais >

Chuva no Sertão da Paraíba eleva em 3,2% volume de açude em apenas um dia


O açude São Gonçalo, em Sousa, no Sertão paraibano, recebeu uma recarga de 3,23% do seu volume total somente em um dia, na quarta-feira (21). Conforme dados da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), o reservatório recebeu um aporte de água de aproximadamente 1,5 milhão de metros cúbicos de água.

Com a recarga, o açude São Gonçalo atingiu 16,2% da sua capacidade.

Ainda de acordo com acompanhamento da Aesa, na terça-feira (20) choveu somente em Sousa, no distrito de São Gonçalo, 105,1 milímetros de chuva. No posto de monitoramento da Aesa que fica na própria cidade de Sousa, foi registrada uma chuva de 61 mm.Mais >

Chuva de 110mm é registrada entre zona rural de Parelhas e Carnaúba dos Dantas


Na tarde e noite desta quinta-feira (22/02) choveu em todo município de Carnaúba dos Dantas e também no município de Parelhas, no Seridó do Rio Grande do Norte, e a chuva chegou a pluviometria de 180 milímetros.
  • Carnaúba dos Dantas, 45 milímetros;
  • Monte do Galo, 42 milímetros
  • Rajada, 48 milímetros
  • Povoado Ermo, 42 milímetros
  • Lagêdo, 60 milímetros
  • Garrotes, 65 milímetros
  • Boa Sorte, 70 milímetros
  • Boqueirão, 50 milímetros
  • Carnaúba de Baixo, 38 milímetros
  • Curujinha, 110 milímetros
  • Povoado Barra, município de Parelhas, choveu 110 milímetros.

As informações foram confirmadas pelo blogueiro Toscano Neto

Afluente importante do velho Itans, açude de Santa Luzia começa a ser reabastecido


O açude público de Santa Luzia-PB que estava totalmente seco, com as boas chuvas caídas ontem (18/02) em Santa Luzia e na região, começa a ser reabastecido d’água pluvial.
Segundo informações de Chico do Rádio, nesse domingo (18/02) foi registrada a melhor chuva neste ano de 2018 na cidade de Santa Luzia e na região do Vale do Sabugi.

Foto: Chico do Rádio / Reportagem: Toscano Neto

Em Santa Cruz , no agreste, choveu mais de ‘100 mm’ em menos de uma semana


Santa Cruz registrou chuvas que, somadas, tiveram mais de 100 milímetros ao longo da semana passada.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Agricultura, o dia que mais choveu foi a Quarta-feira de Cinzas, com quase 70 mm. Na sexta e no sábado outras chuvas intensas caíram sobre Santa Cruz, com mais de 30 mm no acumulado, totalizando mais de 100 mm em menos de uma semana.

Em algumas comunidades rurais o número também se aproximou disso, o que trouxe boa expectativa para o homem do campo de um bom período chuvoso neste ano de 2018, já que a quadra chuvosa da região está apenas começando.Mais >

No acumulado de 2018, Parnamirim já choveu 318mm. Veja outros municípios


Em Caicó, no semi-árido do Rio Grande do Norte, as chuvas passaram dos 108 milímetros, segundo a Emparn.Mais >

Emparn aponta previsão de chuva no RN para próxima semana


As chuvas que começaram a cair no Rio Grande do Norte desde o carnaval devem permanecer na próxima semana, entre o domingo (18) e a sábado (24).

De acordo com a (Emparn), são esperadas chuvas acima de 100 milímetros na faixa litorânea Leste. Para o Agreste, a previsão é de precipitação entre 30 e 50 mm.

Já para a região Oeste, a expectativa é de 70 milímetros em Mossoró e de mais de 100 mm no Alto Oeste.Mais >

Chuva forte inunda ruas de Patos-PB


Há previsão de mais chuva nas próximas horas.

Chuva recorde no Rio causa quatro mortes e deixa estragos e dezenas de desalojados


Quatro pessoas morreram durante o temporal que atingiu o Rio na madrugada desta quinta-feira (15). Um homem e uma mulher estavam em casa e foram atingidos por um deslizamento de terra em Quintino. Em Realengo, um policial militar ia para o trabalho de carro quando uma árvore caiu sobre o veículo e o matou. Em Cascadura, um adolescente de 12 anos também morreu.

A chuva causou interdições, falta de energia, alagamentos e derrubou um trecho da ciclovia Tim Maia, na Zona Oeste. A prefeitura recomendou à população que evitasse circular na cidade pela manhã.

No Complexo do Alemão, ao menos 50 famílias ficaram desalojadas. A Defesa Civil do município interditou 17 casas. Em Cascadura, 10 casas foram isoladas pelos técnicos. Em Campo Grande, na Zona Oeste, imagens aéreas mostram quarteirões inteiros alagados. Ainda não há um balanço oficial do número de pessoas que tiveram que deixar suas casas.Mais >

Água da chuva provoca alagamento em ruas e invade casas em Parnamirim


A chuva que cai sobre o Rio Grande do Norte desde a noite desta terça-feira (13) tem causado danos e alagado ruas nas cidades potiguares. Em Parnamirim, na Grande Natal, a água alagou vias e invadiu as casas.

A área comum de entrada de um condomínio residencial na Avenida Doutor Luiz Antônio, bairro Jardim Planalto, também foi tomada pela água da chuva.

A entrada principal do Condomínio Residencial Santos Dumont foi interditada pela administração. Os moradores só conseguem entrar ou sair do condomínio por um acesso na parte de trás do terreno.Mais >

No Ceará, em uma semana, 81 açudes recebem aporte e um sai do volume morto


Com as chuvas dos últimos sete dias, 81 açudes no Ceará receberam aporte de água. Com o ganho dos últimos dias, o reservatório Premuoca, em Uruoca, deixou o volume morto.

Conforme dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), nos últimos sete dias, o volume armazenado dos reservatórios cearenses cresceu 16,4 milhões de metros cúbicos. Com base na estimativa das perdas com evaporação e do volume liberado para consumo, a estimativa é de que o aporte total tenha sido de 32,4 milhões de metros cúbicos.

Mais >

Chuva de granizo é registrada no Sertão de Pernambuco


Moradores de Serra Talhada, no Sertão, registraram em vídeos uma chuva de granizo que ocorreu no município na terça-feira (13). De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a chuva aconteceu durante a noite. (Veja as imagens acima).

Segundo a Apac, o fenômeno ocorreu devido à formação de nuvens frias de desenvolvimento vertical, que também provocou chuvas fortes na cidade. “Esta nuvem é formada e impulsionada em locais com maior altitude. Nesta época do ano, o fenômeno é comum no Sertão”, disse ao G1.

Este tipo de chuva dura menos de cinco minutos, conforme destacou a Agência. “O peso da nuvem é muito grande e ela não consegue manter a carga. Por isso a chuva dura tão pouco tempo”, explicou a Apac.

Registro de chuvas nessa quarta no Seridó


As chuvas continuam banhando várias comunidades nas zonas urbana e rural, na região do Seridó. Confira alguns registros pluviométricos na terça-feira (13).

Perímetro Irrigado do Sabugi (Caicó) – 10 mm

Sítio Barra do Ligeiro (Caicó) – 10 mm

Fazenda Arapuá – Serra Negra do Norte) – 15 mm

Sítio Manhoso (Caicó) – 17,5 mm

Sítio Umari (Caicó) – 21,5 mmMais >

Barragem Passagem das Traíras sai da lama para 21cm de lâmina d’água


A barragem Passagem das Traíras, entroncada entre os municípios de Caicó, São José do Seridó e Jardim do Seridó, recebeu cerca de 21 centímetros de águas com as últimas chuvas.

Desde que foi inaugurada, em meados de 1994, a barragem não tinha chegado a um volume tão baixo como está agora. Sua bacia é abastecida pelo rio Seridó e outros afluentes.Mais >

Chuva encanta olhares de moradores de comunidade em Timbaúba dos Batistas


Moradores da comunidade do Encampinado, no município de Timbaúba dos Batistas amanheceram com essa linda paisagem na quarta feira de cinzas. Com o céu totalmente nublado, há perspectiva de mais chuva na região para hoje.Mais >

Vídeo: Registro de chuva e correntezas no município de Serra Negra do Norte, no RN


Chuva e muita água desaguam em direção à barragem Dinamarca, que abastece toda a cidade.

Rio Piranhas de ponta a ponta


Imagens em vídeo foram registradas nessa quinta feira, 14 de fevereiro.

Chuva aumenta e pode causar problemas entre Natal e Maceió


As condições para chuva aumentam em parte do leste do Nordeste nos próximos dias . As regiões metropolitanas de Natal, João Pessoa e de Recife podem ter problemas com chuva forte e volumosa decorrer da seman a.

A partir desta quarta-feira, 14 de fevereiro, nuvens carregadas avançam do mar e se espalham entre o litoral do Rio Grande do Norte e de Pernambuco. 

Toda a faixa litorânea entre estes estados tem muita nebulosidade e pancadas de chuva frequentes nesta quarta-feira de carnaval. A chuva cai a qualquer hora e pode vir com moderada a forte intensidade. Há risco de raios .Mais >

Chuva intensa leva alegria a Coremas e interrompe noitada de carnaval


Nesta segunda-feira, dia 12 de fevereiro, a programação do Carnaval de Coremas no vizinho Estado da Paraíba constavam Sanara show, Axé Zueira e Bora Bora, como principais atrações. 

Por volta das 21h40 a festa em praça pública foi interrompida em virtude de um toró d’água (forte chuva) que caiu na cidade. “Não teve mais festa, o que teve foram alagamentos”, disse um morador da cidade.

“Melhor que a festa do Carnaval é a festa da chuva”, disse outro morador. “A chuva foi inesperada e já começou forte”, disse o secretário de Meio Ambiente, José Albertino.Mais >

Obra da passagem molhada do Umari é avassalada pela água e moradores ficam ilhados


Moradores do Sítio Umari e comunidades adjacentes estão ilhados sem poder se deslocar para Caicó depois da grandiosa chuva da última sexta feira, 09.

De acordo com os moradores, a passagem molhada que facilitaria o acesso de carros, caminhões e outros veículos foi avassalada pela água do rio Barra Nova.

Os moradores não veem perspectivas para retomada da obra, já que as chuvas podem ocorrer com mais frequência a partir de agora, segundo a metrologia.