Henrique Alves reaparece e vai a Santa Cruz entregar bondinho ao Santuário de Santa Rita de Cássia


O ex-deputado Henrique Alves, que tanto quanto deputado quanto ministro do Turismo, trabalhou para o santuário de Santa Rita de Cássia ter um teleférico, foi cedo, neste domingo, ao município de Santa Cruz para ‘fazer a entrega’.

Ao lado do deputado Tomba Farias, responsável pela construção da santa mais alta do Brasil, e da ex-prefeita Fernanda Costa, Henrique desfilou em carro aberto, numa carreata que contou com as carretas que transportaram os equipamentos (bondinhos, trilhos, maquinário) que pesam um total de 78 toneladas.

Todo o maquinário foi embarcado da Suíça, onde foi adquirido, para o Brasil, e desembarcado em Salvador. O carregamento foi colocado em carretas que levaram 48 horas para chegarem a Santa Cruz.

Teve passeio (carreata) em carro aberto para comemorar a chegada do equipamento.

A aquisição do teleférico envolveu uma licitação internacional e um investimento no valor de cerca de R$ 14 milhões de reais. Após iniciado o processo de montagem, a previsão é de que os bondinhos entrem em operação até final de 2021.

“Este foi um sonho que hoje se torna realidade. Acredito que o santuário e a implantação do teleférico são os principais projetos em favor do turismo norte-rio-grandenses nos últimos dez anos”, disse Tomba depois da missa celebrada pelo Padre Vicente.

Tomba se disse grato a Henrique e ao ex-senador José Agripino, que também trabalhou pela aquisição do teleférico.

Henrique; ‘ontem risonho, hoje desacorçoado’

Como deprimido? Com conta bancária no exterior que não sabe quem depositou 2 milhões de dólares; nem quem movimenta a conta?

Só sabe que a conta é dele.

– Como pode estar deprimido quem dorme no ar condicionado e recebe refeições dos melhores restaurantes de Natal?

– Quem está deprimido é o trabalhador brasileiro que trabalha de sol a sol para pagar estas mordomias do Henrique Alves.

– Ou não são os trabalhadores, que através dos impostos, pagam as despesas de estadia do Henrique Alves na Academia de Polícia do RN?

– O que estão esperando para julgar Henrique Alves?

– Enquanto Henrique Alves não for transferido para um presídio, a tão esperada DELAÇÃO PREMIADA não acontecerá.
– Por que Henrique Alves continua na Academia de Polícia do RN?    

GENERAL MOURÃO EXPRESSOU O SENTIMENTO DA NAÇÃO.

Por Inácio Augusto, direto de Mossoró 

Henrique oferece garantia de R$ 1 milhão em bens à Justiça para desbloqueio de contas

A defesa do ex-ministro Henrique Eduardo Alves, preso desde de junho, ofereceu ao juiz Vallisney Oliveira, da 10ª Vara Federal, bens em garantia no valor equivalente a R$ 1 milhão para que as contas do peemedebista possam ser movimentadas pela família.

Alves recebe os rendimentos de suas empresas nessas contas, mas elas foram bloqueadas por determinação de Oliveira. O ex-ministro alega que seus familiares precisam dos recursos para custear despesas básicas. O juiz consultou o Ministério Público Federal sobre o pedido.Mais >

Janot denuncia Henrique Alves, Temer e mais sete ao Supremo Tribunal Federal

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (14) uma nova denúncia contra o presidente Michel Temer, desta vez pelos crimes de obstrução à Justiça e organização criminosa.

O STF somente poderá analisar a denúncia contra Temer se a Câmara autorizar. Em agosto, a Câmara rejeitou a primeira denúncia de Janot contra Temer, por corrupção passiva. Mais…

MPF na 5ª Região emite parecer pela manutenção da prisão preventiva de Henrique Alves e Eduardo Cunha

Os ex-presidentes da Câmara dos Deputados são acusados de receber propina para favorecer empresas de construção civil na obra do estádio Arena das Dunas, em Natal (RN)

O Ministério Público Federal (MPF) na 5ª Região, com sede no Recife (PE), emitiu nesta sexta-feira (16) pareceres contrários à concessão de habeas corpus a Henrique Eduardo Lyra Alves e Eduardo Cosentino da Cunha. A prisão preventiva dos dois ex-deputados federais foi decretada pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte, a pedido do MPF naquele estado. Para o MPF, há indícios de que ambos praticaram, de forma continuada, os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Henrique Alves foi preso preventivamente no último dia 6, em Natal (RN), dentro da chamada Operação Manus, um desdobramento da Lava Jato. Cunha, que já se encontrava preso no Paraná, por conta de outro processo, tornou-se alvo de um novo mandado de prisão preventiva. Eles são acusados de receber propina por meio de doações eleitorais oficiais e não oficiais, nos anos de 2012 e 2014, em troca do favorecimento de empreiteiras como OAS e Odebrecht, nas obras do estádio Arena das Dunas, em Natal (RN).Mais >

Juiz determina transferência de ex-ministro Henrique Alves para Brasília

O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira determinou a transferência do ex-ministro Henrique Eduardo Alves do RN para a carceragem da Polícia Federal em Brasília. Alves está preso desde a última terça (6) na Academia de Polícia Militar, em Natal.

Ele foi alvo de dois mandados de prisão: um da operação Manus – que investiga corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas; e outro da operação Sépsis – que investiga esquema de pagamento de propina para liberação de recursos do Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS), administrado pela Caixa Econômica Federal.Mais >

Ex-ministro Henrique Alves é hostilizado por populares ao entrar na viatura da PF

A Operação Manus foi desencadeada nessa manhã, 06 de junho, em Natal e Curitiba.

OPERAÇÃO MANUS: Henrique Alves foi preso “por corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro na Arena das Dunas”

O ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves é alvo de um mandado de prisão preventiva em um desdobramento da Operação Lava Jato deflagrado nesta terça-feira (6). O ex-deputado Eduardo Cunha também é investigado. Ambos são do PMDB e foram presidentes da Câmara dos Deputados.

Batizada de Manus, a operação investiga corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas, em Natal/RN. O sobrepreço identificado chega a R$ 77 milhões.

São cumpridos, 33 mandados, sendo cinco mandados de prisão preventiva (sem prazo), seis de condução coercitiva, quando alguém é levado a depor, e 22 de busca e apreensão nos no Rio Grande do Norte e no Paraná.Mais >

Contratos com o Ibope escondem propinas para Renan e Henrique; diz delator da JBS

O diretor de Relações Institucionais da J&F, Ricardo Saud, entregou, como parte de sua delação premiada, ao Ministério Público Federal, contratos e notas fiscais que teriam sido utilizados para dissimular propinas à cúpula do PMDB. Entre os documentos que, segundo o delator, são ‘frios’ e ‘fictícios’, estão números de notas fiscais emitidas pela JBS ao Ibope.Mais >

Maluf consola Henrique: “Já depositaram dinheiro em minha conta por sacanagem”

SUÍÇA – Aludindo ao antigo caso em que foi acusado de possuir dinheiro escondido nas Ilhas Jersey, ocasião em que afirmou desconhecer a titularidade das contas em seu nome, o deputado federal Paulo Maluf prestou solidariedade ao ex-deputado Henrique Alves, que foi surpreendido esta semana ao saber que alguém depositou misteriosamente mais que oitocentos mil dólares em uma conta sua na Suíça.

“JÁ FUI VÍTIMA DESSE TIPO DE CRIME, EM QUE GENTE MAL INTENCIONADA DEPOSITA DINHEIRO ANONIMAMENTE EM SUA CONTA SÓ PARA TE INCRIMINAR”, DECLAROU MALUF.

Henrique Alves, semelhante ao seu ex-colega de parlamento, também afirmou não saber como diabo foi parar tanto dinheiro em sua conta.Mais >

Henrique Alves diz não saber origem de US$ 833 mil em sua conta

O ex-ministro e ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) reconheceu, em defesa apresentada à Justiça Federal de Brasília, que usou um escritório de advocacia uruguaio para abrir uma conta na Suíça em 2008.

Admitiu também que é formalmente o beneficiário da conta. Mas, argumentou que, por motivos burocráticos, não conseguiu movimentá-la e preferiu deixá-la inativa.

Assim, alegou que os US$ 832.975,98 depositados na conta — e que segundo a Procuradoria Geral da República (PGR) era dinheiro de propina — foram movimentados por terceiros, sem seu conhecimento.Mais >

Matéria do Fantástico sobre Alcaçuz fez dois grupos políticos se digladiarem

1o18

No domingo à noite, durante e após exibição da matéria sobre a penitenciária de Alcaçuz no Fantástico, muitos partidários de Henrique Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD) passaram a se digladiar no Twitter. Cada grupo atribuía ao outro o estado calamitoso da penitenciária.

Na realidade, tanto o governador atual quanto os pretéritos têm sua parcela de culpa. Trata-se de uma “ovelha negra” filha de vários pais. Os governadores que passaram pelo estado desde 1998, data da inauguração do presídio, nada ou pouco fizeram para mudar o quadro do nosso sistema prisional, com destaque negativo para a ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP), que devolveu R$ 55 milhões para o governo federal, quantia esta que seria utilizada no setor de Segurança.Mais >

TSE aprova por unanimidade contas de Henrique Eduardo Alves

0a

O Pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu ontem por unanimidade aprovar as contas do então candidato ao Governo do RN Henrique Eduardo Alves . Seguindo o voto do Ministro relator Napoleão Maia Filho, aprovaram por 7 X 0 .

Votaram  os ministros Jorge Mussi, Henrique Neves,Luciana Lóssio, Luiz Fux, Rosa Weber e Gilmar Mendes.

“Nessas condições, a reconsideração da decisão agravada é medida que se impõe, ante as particularidades do caso concreto e a orientação jurisprudencial sedimentada por esta Corte Superior”, diz o voto.

Henrique, frente a frente com Moro, hoje

12bpm

O juiz federal Sérgio Moro ouve, nesta quarta-feira (7), seis testemunhas de defesa arroladas pelos advogados do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em processo da Operação Lava Jato.Mais >

Henrique Alves: Capa na IstoÉ

a

Nos corredores do QG da Lava Jato, em Curitiba, um dos investigados é conhecido pela alcunha de “Sheik”. Trata-se do peemedebista Henrique Eduardo Alves (RN), ex-ministro, ex-presidente da Câmara (2013-2014) e um dos principais interlocutores do presidtente Michel Temer.

Dono de 11 mandatos consecutivos como deputado federal, e reconhecido como hábil articulador, Henrique Alves já foi um dos políticos mais poderosos do País. Em junho de 2013 chegou a ocupar a Presidência da República, na ausência de Dilma Rousseff e Temer (leia mais na pág. 34). Com certeza teria lugar de destaque no governo não fossem as descobertas feitas pela Lava Jato, que em junho passado encontrou sua conta não declarada na Suíça.Mais >

Henrique Alves tenta, novamente, ser Ministro

000aa

O furo da informação foi obtido com exclusividade pelo nosso parceiro Blog do BG, que diz o seguinte: O colunista Lauro Jardim destaca que Henrique Eduardo Alves anda se insinuando para Michel Temer. Acha que é hora de voltar ao governo como ministro.

Henrique Alves emite nota sobre adutora de Caicó

01

Diante de tanta desinformação – e má fé de alguns – devo esclarecer o meu papel para urgente edição da Medida Provisória de Combate aos efeitos da Seca no Nordeste. Procurado pelo prefeito de Caicó Roberto Germano e lideranças do Seridó me somei a esta luta, como sempre fiz.

Um breve relato:

I – O presidente Michel Temer assume compromisso de editar a MP;

II – TCU consultado aprova sua legalidade;

III – Governo cumpre sua palavra e remete ao Congresso Nacional a MP , constando R$ 44 milhões para Adutora de Caicó.

IV- Governo Federal informa transferência dos recursos para o DNOCS, incluídas obras em seis Estados nordestinos (CE, PB, RN, AL, BA e PE).

Agora, urge a realização da adutora de Caicó de maneira mais rápida e competente. Uma decisão técnica que o Ministro Helder Barbalho (Integração) saberá conduzir. Eu aqui sempre à disposição de nosso Rio Grande do Norte.

Henrique Eduardo Alves
Presidente do PMDB/RN

Assessoria de Imprensa / Para: Blog Jair Sampaio

Ao lado de Henrique, Garibaldi, Álvaro e Nelter, Roberto consegue garantias de liberação de recursos para adutora de Caicó


Cumprindo agenda administrativa em Brasília/DF, o prefeito Roberto Germano foi recebido em audiência no Ministério da Integração Natal, pelo Ministro Hélder Barbalho. Na pauta a prioridade da atual gestão municipal, conquistar recursos para amenizar os efeitos da forte seca que no município de Caicó.Mais >

Henrique Eduardo Alves busca na Europa novos investimentos para o Turismo

Ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves - Foto: Thamyres Ferreira/MTur
Ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves – Foto: Thamyres Ferreira/MTur

Atrair novos investimentos e promover o Brasil, por meio dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Esses são os principais objetivos da agenda internacional que o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, cumpre ao longo da semana em Portugal e na França.

Em Lisboa, Henrique Alves vai se reunir com Fernando Pinto, presidente da TAP Portugal, e os dirigentes da empresa. A companhia vem crescendo sua atuação no território brasileiro e hoje já oferece 67 voos semanais entre Brasil e Portugal – quatro saindo de Natal.

O ministro participa, ainda, de uma audiência com o presidente da Mundo Abreu, a maior operadora de viagens de Portugal e a mais antiga do mundo. Atualmente o Brasil representa 60% das operações da agência e Natal está entre os cinco destinos mais vendidos, junto a Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador.Mais >

Rafael Motta pleiteia recursos para o crescimento do turismo de Macaíba‏

O deputado federal Rafael Motta (PROS) esteve nessa última terça-feira (17) reunido com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, acompanhado do prefeito de Macaíba, Fernando Cunha, do presidente da Câmara Municipal do município, Gelson Lima, e do secretário para assuntos da Região Metropolitana, Sérgio Cunha.

Na ocasião, o deputado pleiteou ao titular do Turismo a liberação de recursos para o desenvolvimento da atividade turística na cidade de Macaíba, e para a construção da Vila Olímpica, um complexo esportivo que deverá incentivar a prática de esportes no município. Além disso, o prefeito de Macaíba solicitou ao ministro Henrique Alves a sua interlocução junto ao Ministério da Saúde, com objetivo de conseguir recursos para a edificação de uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

“Temos sempre que impulsionar o crescimento do turismo em todas os municípios do Rio Grande do Norte, e Macaíba é uma cidade que tem um grande valor histórico para o nosso Estado. Além disso, o município está localizado bem próximo ao Aeroporto Aluizio Alves, tornando-se uma das portas de entrada para o turista no RN”, destacou o deputado Rafael Motta.