Blitz da Lei Seca autua 35 motoristas por embriaguez ao volante em Natal


Trinta e cinco pessoas foram autuadas na madrugada deste sábado (10) por embriaguez ao volante na Zona Sul de Natal. A blitz da Lei Seca foi realizada na Av Engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da região.

De acordo com o capitão PM Isaac Paiva, coordenador da Operação Lei Seca no RN, para quatro motoristas que sopraram o bafômetro o resultado deu positivo para a ingestão de álcool, mas a taxa foi abaixo do previsto para a constatação de crime. Já os outros 31 autuados, que se recusaram a fazer o teste, restou a punição administrativa pela infração, com pagamento de multa no valor de R$ 2.934,70 e mais suspensão da carteira de habilitação por 12 meses.

Também foram feitos outros nove autos por infrações diversas e três veículos foram removidos ao pátio do Detran.

G1

Operação Lei Seca recupera moto roubada e prende suspeito na zona Norte


O trabalho ostensivo e preventivo realizado pelos policiais da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) conseguiu na noite dessa segunda-feira (20) recuperar uma motocicleta com queixa de roubo e deter o suspeito do delito, que chegou a efetuar disparos de arma de fogo contra a guarnição. A ação se deu durante patrulhamento realizado no bairro de Lagoa Azul, na zona Norte da capital.

De acordo com informações repassadas pelo coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos, os policias realizavam abordagens a veículos e pessoas quando uma motocicleta entrou na rua onde acontecia a fiscalização. Nesse momento, o condutor percebeu a presença dos policiais, abandonou o veículo e partiu em fuga a pé. “O suspeito foi perseguido, inclusive chegou a efetuar disparos de arma de fogo contra os policiais, mas após o cerco e as buscas realizadas, o indivíduo acabou sendo localizado e preso”, contou.

Durante a perseguição, o suspeito chegou a invadir residências e saltar muros na tentativa de escapar da ação policial, porém não teve êxito. Os policiais conseguiram identificar o proprietário da motocicleta roubada que veio ao local e reconheceu o suspeito como um dos dois integrantes que anunciaram o assalto e tomaram a moto na mesma noite, na cidade de Extremoz. A vítima contou ainda que os bandidos estavam num automóvel modelo Ecosport e portavam armas de fogos no momento do roubo.Mais >

Operação Lei Seca emprega policiamento ostensivo na zona Sul de Natal


Policiais da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) reforçaram nessa terça-feira (14) o patrulhamento ostensivo em bairros da zona Sul de Natal. O policiamento móvel teve início às 17h e seguiu até às 23h fortalecendo a segurança dos bairros de Candelária, Potilândia e Nova Descoberta.

De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos, foram utilizadas duas guarnições operacionais disposta em duas viaturas que circularam nas ruas e realizaram ponto base em locais de maior circulação de pessoas e veículos. “A ação provocou agradecimentos da comunidade aos policiais militares por motivo da Operação Lei Seca está contribuindo para uma melhor segurança pública”, comentou.

O diretor do Detran, Eduardo Machado, explicou que as atividades operacionais de policiamento ostensivo preventivo realizada pelo efetivo da Lei Seca tem a missão de contribuir com a segurança pública e foi uma medida tomada pela Direção do Detran e a Coordenação da Operação. “Na semana passada foram empreendidas ações em bairros da zona Oeste e agora iniciamos também na zona Sul de Natal, sempre buscando inibir o crime e zelar pela segurança do cidadão”, alegou.Mais >

Detran/RN:Operação Lei Seca na última semana resulta na lavratura de 96 autos de infração


A Coordenação da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) divulgou nesta terça-feira (14) o balanço das operações realizadas no decorrer da última semana. Os dados mostram que foram efetivados 903 testes de etilômetro nas várias operações desenvolvidas na capital potiguar, resultando na lavratura de 96 autos de infração, sendo 76 por infração a Lei Seca, com três condutores presos por crime de trânsito.

As ações de fiscalização ainda flagraram sete veículos circulando nas ruas em situação irregular. Os policiais retiveram os automóveis, que foram levados para o pátio do Detran onde são acondicionados os veículos apreendidos por estarem em desacordo com a legislação.

As intervenções dos policiais da Operação Lei Seca não se mantiveram apenas na fiscalização com foco no combate ao motorista que insiste em beber e dirigir. A Operação também desempenhou o serviço de patrulhamento tático móvel na área dos bairros que compreendem a zona Oeste de Natal. Durante as rondas diversos suspeitos foram abordados e passaram por revista pessoal. A ação policial tem o objetivo de prevenir as ocorrências de crimes com a presença mais efetiva do patrulhamento.Mais >

Lei Seca divulga relatório e constata aumento nas operações e eficácia nas abordagens


O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) divulgou nesta terça-feira (22) o relatório estatístico com informações da Operação Lei Seca efetuada nos primeiros semestres de 2017 e 2016. Os dados constatam um crescimento de 14,9% no número de blitzen realizadas nos primeiros seis meses deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior. Em números absolutos, em 2017 foram realizadas 54 operações contra 47 efetuadas no ano passado.

A quantidade de condutores autuados também cresceu em relação ao ano passado. Foram flagrados 1.774 condutores dirigindo sob efeito de álcool no primeiro semestre de 2017 contra 1.677 notificados em 2016, com um aumento de 5,8%. Estes motoristas são punidos com multa no valor de R$ 2.934,70, sete pontos na CNH além da suspensão por 12 meses do direito de dirigir.

Já os condutores presos por dirigir sob influência do álcool caiu em 70,7%. Saindo de 191 nos seis primeiros meses de 2016, para 56 no mesmo período neste ano. Nestes casos, os condutores além de serem penalizados com a sanções administrativas previstas no artigo 165 do CTB ainda vão responder na esfera criminal, podendo cumprir detenção de seis meses a três anos.

O coordenador da Operação Lei Seca no estado, o capitão Isaac Paiva, apontou alguns dos principais motivos que contribuíram para diminuição das autuações relacionadas a crime de trânsito, entre eles o aumento da recusa em fazer o teste do etilômetro, que subiu 15,2% em 2017 em relação a igual período de 2016.

“Foram registradas 1.500 recusas neste ano e em 2016 o número foi de 1.302. Além disso, agora a legislação permite que o condutor possa repetir o teste após 30 minutos, e esse tempo ocasiona uma redução no índice de alcoolemia, que pode fazer com que o condutor saia do artigo 306 e vá para o 165”, explicou.Mais >

Multa de trânsito poderá ser substituída por serviço comunitário


Tramita na Câmara dos Deputados o PL 5.728/16 que prevê a prestação de serviço comunitário como pena alternativa à multa de trânsito. A proposta altera o artigo 256 da lei 9.503/97, que institui o Código de Trânsito Brasileiro.
Atualmente, as punições previstas no Código são advertência por escrito, multa, suspensão do direito de dirigir, apreensão do veículo, cassação da carteira de motorista, cassação da permissão para dirigir e participação obrigatória em curso de reciclagem.Mais >

Lei Seca: multa será mais pesada para quem for pego ao volante alcoolizado


Quem for pego pela Operação Lei Seca dirigindo alcoolizado ou se recusar a fazer o teste do bafômetro, a partir do dia 1º de novembro, pagará uma multa muito superior ao valor cobrado atualmente, que é de R$ 1.915. Devido a  mudanças na legislação de trânsito, o valor subirá para R$ 2.934,70 e o motorista ainda terá a carteira de habilitação suspensa pelo prazo de 12 meses.Mais >

Carro de auto escola é apreendido durante blitz da Lei Seca em Natal

Carro de auto escola e um Corolla com a mala cheia de cervejas estão entre os 16 veículos apreendidos durante a operação (Foto: Divulgação/PM)
Carro de auto escola e um Corolla com a mala cheia de cervejas estão entre os 16 veículos apreendidos durante a operação (Foto: Divulgação/PM)

Sete motoristas foram presos na madrugada deste domingo (1º) ao serem flagrados dirigindo sob efeito de álcool e 96 carteiras de habilitação recolhidas durante mais uma Operação Lei Seca realizada em Natal. Ao todo, 16 veículos também foram apreendidos, entre eles um Celta que pertence a uma auto escola e um Corolla com a mala carregada de cervejas. Também foi rebocado para o pátio do Detran um Peugeot, cujo carro acabou com os dois pneus dianteiros furados ao subir no canteiro numa tentativa de escapar da fiscalização.

Segundo o capitão Styvenson Valentim, barreiras de fiscalização foram montadas em pontos estratégicos de Cidade Verde e Ponta Negra, ambos na Zona Sul da cidade. “O motorista da auto escola soprou o bafômetro e o teste acusou um índice abaixo de 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido, o que caracteriza infração administrativa. Neste caso ele não vai preso, mas é multado em R$ 1.915,40”, explicou o comandante.Mais >

Capitão Styvenson se envolve em polêmica com lutador de MMA

Mossoró Hoje – O capitão da Polícia Militar, Styvenson Valentim, que comanda a Operação Lei Seca na capital, utilizou sua conta pessoal no Facebook para rebater as declarações do lutador Rony “Jason”. O oficial disse que foi comunicado, via rádio, que o lutador queria, pelo menos, um tratamento “diferenciado”, “especializado”, “uma coisa melhor”, pois representava o Estado do Rio Grande do Norte no MMA.

A questão do bairrismo falou mais alto em áudio divulgado nos grupos de WhatsApp, em resposta às provocações do lutador. Styvenson cita a atitude de Jason que tentou usar a fama de lutador e representante de MMA no Rio Grande do Norte para tirar vantagem dos policiais.

“Espero que essa não seja a representação que o estado deseja. A nossa representação de atleta é de disciplina e postura. Isso não é espelho para nenhum tipo de atleta. Então quero que repense sua postura e atitude, porque além de infração de trânsito, você está muito aquém de um atleta para representar o estado do Rio Grande do Norte, que já é muito bem representando não só como atletas, mas também como pessoas com nível intelectual”, disse o oficial.

Em outro áudio, o PM sugere a Jason voltar para o Ceará caso estivesse insatisfeito em lutar pelo RN. “Naquele instante você era um condutor como qualquer outro, não precisava se identificar como lutador de MMA que representa o meu Estado. O meu trabalho é para o meu Estado, entendeu? Se você está insatisfeito, amigo, volte para a sua terra, volte para o Ceará e represente, pois, o Rio Grande do Norte já está muito bem representado intelectualmente”, relatou.

Mulher bate em dois veículos e é presa durante blitz da Lei Seca em Caicó

Uma mulher de identidade não revelada foi presa na madrugada deste domingo (2) após bater na traseira de dois carros durante uma blitz da Lei Seca em Caicó.

De acordo com informações da Polícia Militar, a mulher se negou a fazer o teste de bafômetro mesmo estando visivelmente embriagada.

Segundo a PM um Termo Circunstancioado de Embriaguez foi realizado com o uso de imagens de vídeo que mostram o desequilíbrio psicomotor da mulher em função da ingestão de álcool.

Além da mulher, mais 11 pessoas foram detidas e outras 36 atuadas administrativamente.

Blitz da Lei Seca prende sete e autua 82 motoristas em Mossoró

Portal BO – A equipe da Operação Lei Seca se deslocou até a cidade de Mossoró, região Oeste do Estado, para realizar mais uma ação de combate à embriaguez ao volante. Na noite desta sexta-feira (19) e madrugada deste sábado (20), foi montada uma barreira na Avenida Cunha, no Centro da Cidade, próximo ao local onde acontece o Mossoró Cidade Junina.

Durante a ação, foram realizados 428 testes de bafômetro, que resultaram em 82 motoristas autuados administrativamente. Outras sete pessoas foram presas em flagrante por conduzirem veículo sobre efeito de álcool.

A Operação Lei Seca em Mossoró ainda resultou em seis motocicletas e quatro carros apreendidos.

Mulher desacata policial e acaba algemada durante blitz lei seca

Foto: Sergio Costa

Três pessoas foram presas na madrugada desta quinta-feira (4), durante uma blitz lei seca realizada na rua Escritor José Vasconcelos, no bairro Capim Macio, zona Sul de Natal. Uma delas foi uma mulher, que além de apresentar sintomas de embriaguez teria desacatado um policial militar durante a fiscalização. A suspeita acabou tendo que ser algemada e conduzida a delegacia.

Durante seis horas de operação lei seca os policiais autuaram 29 pessoas administrativamente e orientaram dezenas de motoristas que usaram o mesmo percurso. O capitão coordenador da fiscalização ainda informou que o propósito da operação é conscientizar os condutores e principalmente salvar vidas.