Polícia desarticula quadrilha suspeita de tráfico de drogas na cidade de Santana do Matos

A Delegacia de Polícia Civil de Santana do Matos, com apoio do Setor de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) e da Polícia Militar, deflagrou no início da tarde desta quinta-feira (08), a Operação Minority Report que desarticulou uma associação criminosa que realizava roubos e tráfico de drogas na cidade de Santana de Matos e região.

Foram presos na Operação cinco homens e foi apreendido um adolescente. O grupo era formado por presos que estavam detidos no RN e no Mato Grosso, e por suspeitos que moravam na cidade.

O nome da Operação denominada “Minority Report” é uma alusão a um filme de ficção científica dirigido por Steven Spielberg. No filme, um departamento da polícia tinha acesso a pessoas com poderes paranormais que tinham conhecimento de quando um crime estava para acontecer, e impediam a concretização dos delitos.

Foram presos na “Minority Report”, em cumprimentos a Mandados de prisão, Francisco Duda da Rocha Silveira, conhecido por “Chico Né”, o qual se encontra recluso na Penitenciária de Alcaçuz; Arthur dos Santos Sales de Araújo, e um adolescente, ambos moradores de Santana do Matos; Francisco das Chagas da Silva, conhecido por “Chaguinhas”, 20 anos, residente em  Natal (preso na zona Oeste da capital pela Delegacia Especializada em Delegacia Especializada em Furtos e Roubos – Defur ); e Valdir de Souza do Nascimento, preso pela Polícia Civil de Mato Grosso, recluso na Penitenciária Federal situada em Campo Grande. Mais >

Polícia Civil fecha “boca de fumo” e prende suspeito por tráfico de drogas em Florânia

Uma equipe da Polícia Civil de Florânia deflagrou, na manhã desta quarta-feira (28), a Operação “Toca do Coelho” e prendeu em flagrante a pessoa de Gilmar Canuto Dantas (27 anos), conhecido como “Coelho de Caicó”. Ele estava sendo investigado por ser um dos responsáveis pelo tráfico de drogas na região.

A ação policial também cumpriu três mandados de busca e apreensão e contou com o apoio das equipes das delegacias de Jucurutu, Santana do Matos e Caicó.

“A Operação teve esse nome porque tinha como meta descobrir o local onde o ‘Coelho´escondia a droga. O suspeito já tinha sido alvo de outras Operações, porém, sua toca ainda não havia sido descoberta”, detalhou o delegado Ricardo Brito, titular da DP de Florânia e coordenador da Operação.

No esconderijo usado pelo suspeito, a Polícia Civil apreendeu várias pedras e tabletes de crack, além de trouxinhas e tabletes de maconha. Toda a droga foi encontrada enterrada em um buraco, no muro da residência.

O delegado afirmou que a prisão foi fruto de intenso trabalho de investigação que contou com a ajuda da população, que sempre trazia informações sobre a atuação do suspeito na região. “O trabalho dos agentes de polícia civil foi fundamental para o sucesso da operação, sendo digno de elogios. A parceria com o Poder Judiciário e o Ministério Público também foi de suma importância, pois trabalharam para a expedição dos mandados com muita agilidade”, destacou o delegado Ricardo Brito.




apreensão