Trabalho de Inteligência da Polícia Civil de São Bento resulta na captura de foragido no Piauí.

IMG-20150524-WA0081A cidade de São Bento, pertencente à 18ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, sediada em Catolé do Rocha, tem em sua historia vários crimes bárbaros e de repercussão. No ano de 2009, a cidade se viu chocada com um crime que vitimou uma criança de apenas três anos de idade. Na ocasião o indivíduo SEBASTIÃO GARCIA DA SILVA, conhecido por CEZAR, 52 anos, vendedor pracista, natural de São Bento, motivado por um desentendimento com o vizinho, efetuou vários disparos de arma de fogo em direção da casa de seu desafeto, atingindo a filha dele, que correu grave risco de morte e acabou perdendo a visão de um olho. A comoção foi maior, pois a mãe da criança estava grávida, passando por situação emocional grave, dando à luz meses depois, tendo o bebê nascido com graves sequelas.

Às investigações foram iniciadas, sendo identificado o autor do bárbaro crime, que na época do fato teve a Prisão Preventiva decretada, mas conseguiu evadir-se. O serviço de Inteligência do Grupo Tático Especial da Polícia Civil recebeu informações preciosas a respeito do foragido, o qual foi localizado e capturado em ação conjunta com a Polícia Civil da cidade de Campo Maior, no Piauí sendo direcionado a estabelecimento prisional daquele Estado. Mais uma vez a Polícia Civil, através de ações pontuais, vem tentando minimizar a sensação de impunidade reinante na Terra das Redes, colocando-se a disposição da sociedade são-bentense, que pode auxiliar através de denúncias anônimas pelos canais: Delegacia (83) 3444 2804, Disque Denúncia 197 e através do GTE (83) 9862 0630.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.