Vigilantes da UERN/Patu temem ficar desempregados

Daniel, um jovem de Frutuoso Gomes-RN, amigo de um vigilante que presta serviço à UERN por meio de empresa de vigilância, relatou ao blog Jair Sampaio a angústia que passa o amigo ao saber que pode ficar desempregado.

Ele e mais 100 trabalhadores da segurança privada podem perder os empregos. Segundo Daniel, um representante da empresa fez reunião com os vigilantes da UERN/Patu nessa segunda feira, 05/08, e deu a péssima notícia.

A empresa, segundo os vigilantes, de nome Força Alerta, coloca a culpa no atraso de repasses. A Universidade Estadual do RN vem há anos enfrentando dificuldades financeiras e esse é apenas mais um problema a ser discutido.

1 Comentário

Pavão misterioso

ago 8, 2019, 8:30 pm Responder

Infelizmente serão 136 país de família desempregados.

Deixe uma resposta para Pavão misterioso Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.