‘Profeta da chuva’ prevê período chuvoso longo e acima da média

O período chuvoso de 2018 no Ceará deve ser longo e com precipitações acima da média, segundo prognóstico feito pelo "profeta da chuva" Josué Viana. Ele faz parte de um grupo de pessoas que fazem previsões com base em elementos da natureza. "Vai ser uma surpresa pra todo mundo, pois vamos ter um inverno inesperado e sair da seca depois de seis anos", comentou.

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) ainda não divulgou o prognóstico de chuva oficial de 2018. Para o profeta, o período chuvoso deste ano será como o de 2005, ano em que o estado registrou boas chuvas. Além disso, conforme Josué Viana, o Ceará terá as chuvas prolongadas, indo até o início de agosto.

"Vamos ter um inverno com muita chuva, como há anos não vemos. Teremos um inverno indo até agosto, com chuvas fortes e até raios. Vai ser parecido com as experiências que aconteceram em 2005 e também em 2008. Nesses anos eu previ muita chuva e aconteceu", afirmou.

Josué Viana diz que fez a previsão com base nos astros na cidade de Quixadá, interior do Ceará. Ele olha as nuvens e, com base nos formatos, estima se o ano será com chuvas regulares ou não. Neste ano, o profeta observou um fenômeno chamado "Ramo de São José".

"Estou com fé que teremos um bom inverno. Quando aparece um desenho de um 'Raminho de São José' é sinal de que terá muita chuva. Em outubro, eu avistei seis raminhos. Isso é ainda melhor", afirmou.

O profeta afirma ainda que as chuvas ocorrerão principalmente no horário da noite. "De manhã o céu estava limpo, mas nuvens se concentraram mais a noite. É o que vai acontecer também no inverno. Vai ter chuva de dia, mas será mais a noite", acrescentou.

Encontro dos profetas

O XXII Encontro dos Profetas da Chuva será realizado no sábado (13), em Quixadá. Os profetas se encontram em um evento que reúne ainda agricultores, técnicos e curiosos em busca de previsões de como será o período chuvoso no ano.

Os profetas populares divulgam as chuvas com base em elementos da natureza, como movimento de animais e leitura flores de mandacaru.

 

Escreva sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *