Chuva causa alagamentos no Grande Recife e na Zona da Mata de Pernambuco


As chuvas na Região Metropolitana do Recife e na Zona da Mata de Pernambuco neste domingo (22) causaram alagamentos e transtornos para moradores de algumas cidades dessas duas regiões do estado.

Na capital pernambucana, várias vias ficaram alagadas, como as ruas 21 de Abril, na Zona Oeste; e Doutor José Mariano, no Centro; e a Avenida Boa Viagem, na Zona Sul.

Em Olinda, houve pontos de acúmulo de água no bairro dos Bultrins. Na madrugada deste domingo (22), a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta para chuvas ocasionalmente fortes no Grande Recife, na Zona da Mata e no Agreste. 

Motoristas devem ter cuidado ao transitar em estrada que liga Caicó ao Sabugi


Estreitamento de via foi detectado em uma estrada de acesso ao perímetro do Sabugi, onde o acostamento cedeu em face das chuvas.

Parelhas, São Fernando e Jardim do Seridó registram chuvas de 160, 135 e 100mm ?


Registro das últimas chuvas caídas nas últimas 24hs em cidades do Seridó?

  • Sítio Barra do Rio – ACARI\RN 10 mm
  • Povoado Bulhões – Acari\RN 55 mm
  • Sítio Pedra Branca – Carnaúba dos Dantas\RN 68 mm
  • Sítio Marimbondo – Carnaúba dos Dantas\RN 75 mm
  • Povoado Currais Novos 60 mm
  • Povoado Currais Novos de Baixo 62 mm
  • Sítio Recanto – Jardim do Seridó 100 mm
  • Sítio Cachoeira – Parelhas 120 mm
  • Sítio Cumbe – Parelhas 100 mm
  • Sobradinho – Parelhas 75 mm
  • Sítio Serrota – São José do Seridó 30 mm
  • Sítio Garrote – Carnaúba dos Dantas 42 mm
  • Sítio Galo – Carnaúba dos Dantas 45 mm
  • Monte do Galo – Carnaúba dos antas 62 mm
  • Sítio Xique Xique – Carnaúba dos Dantas 52 mm
  • Sítio Pinturas – Carnaúba dos Dantas 30 mmMais >

Chuva de 115 milímetros nesse final de semana é a mais forte de Fortaleza no ano


A madrugada e manhã deste sábado (10) foi de chuva em Fortaleza e outros 27 municípios cearenses. A capital cearense teve a maior forte precipitação, de 115 milímetros, conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

A chuva nesta madrugada foi também a maior registrada em Fortaleza em 2017. Uruoca, Reriutaba, Itaitinga e Paracuru também tiveram chuvas fortes, com mais de 50 milímetros, na madrugada deste sábado.

Vídeo mostra a força do rio Seridó com a chuva desse domingo em Parelhas


Vídeo a força do rio na Comunidade Timbáuba em Parelhas, após a chuva deste domingo (4). Água do rio Seridó abastece, especialmente, a barragem Boqueirão de Parelhas. (imagens do Marcos Silva).

Nível do Rio Piranhas melhora condições de abastecimentos de cidades da região do Seridó


A CAERN não tem encontrado as mesmas dificuldades dos meses que antecederam a chegada de 2018, para operar a Adutora Manoel Torres, e abastecer as cidades de Jardim de Piranhas, São Fernando, Timbaúba dos Batistas, além de reforçar o abastecimento de Caicó. 

Foi o que garantiu Givanildo Ananias, chefe do Escritório da Companhia, em Jardim de Piranhas. Tudo isso, graças ao bom volume d’água do Rio Piranhas, na captação da Caern. 

Mas, Givanildo reconhece que sem chuvas regulares, o nível vai continuar baixando, o que pode comprometer o abastecimento destas cidades. Por isso a necessidade da população se manter consciente quanto ao uso racional da água. Mais >

Com chuva de 130 milímetros em Parelhas, a barragem Boqueirão inicia sua recarga


O rio Seridó está de barreira a barreira desaguando água para a barragem Boqueirão no município de Parelhas-RN, graças a uma grandiosa chuva de 70 milímetros na zona urbana e outra de 130 milímetros na zona rural. Confira a pluviometria na região:
  • Sítio Salgadinho choveu 130 milímetros
  • Sítio Sussuarana 2 registrou 107 milímetros
  • Sussuarana 75 milímetros
  • Povoado Joazeiro 60 milímetros
  • Comunidade Boa Vista 50 milímetros 
  • Sítio Cachoeira 51 milímetros

Por Toscano Neto

Região oeste tem chuva de até 80 milímetros nesse domingo (25)


  • Caiçara-Paraná 40 mm
  • Dr Severiano 60mm (DPM)
  • Major Sales , Praça de Eventos 40 mm e Sitio Javari 49mm
  • Água Nova 59mm
  • Riacho  de Santana 26mm
  • José da Penha 27mm
  • Pau dos Ferros 42mm (bairro princesinha)
  • Sitio Barragem 51mm
  • Encanto 80mm (sítio carnaubinha)

Chuvas animam produtores rurais do RN


Bastou as chuvas começarem a abastecer os reservatórios de água do Rio Grande do Norte para o sertanejo se encher de esperança. Embora grandes açudes e barragens ainda não tenham recebido água suficiente para sair do volume morto, o líquido que chega nas pequenas comunidades rurais já muda o cenário, após seis anos de seca.

Na comunidade Morcego, na zona rural de Campo Grande, região Oeste potiguar, a terra está úmida e os animais já aproveitam o pasto que começa a crescer. O pequeno barreiro nos fundos da propriedade do agricultor Aldenor Rocha “tomou água”, como as pessoas falam na região. Mais >

O Seridó (RN) terá inverno com chuvas de normal a acima do normal nos meses de março, abril e maio, diz Emparn


O semiárido da região Nordeste, vai tem um inverno com chuvas de normal a acima do normal, nos meses de março, abril e maio. Essa foi a conclusão da II Reunião de Análise Climática para o Semiárido do Nordeste Brasileiro, que foi realizada pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) nos dias 20, 21 e 22 de fevereiro.

O resultado da reunião foi apresentado na manhã dessa quinta (22). O diretor-presidente da EMPARN, Alexandre Wanderley, agradeceu aos meteorologistas e técnicos que participaram durante três dias das discussões sobre clima e previsão climática.Mais >

Açude do Pinga transborda e moradores de Santa Luzia (PB) comemoram com fogos


Quase oito horas de chuva em Coremas e açude aumenta recarga


O secretário de Meio Ambiente, Pesca e Recursos Hídricos de Coremas, José Albertino de Andrade Silva informou que choveu das 22h30min de ontem (sexta, 23) at[e às 06h10min deste sábado, 24, em Coremas. Segundo informações do observador do DNOCS, a chuva em Coremas foi de 53,1mm.

Albertino também informou que o Açude de Coremas segue pegando água. Até agora, segundo ele, toda a recarga do Açude de Coremas em 2018 é de 2,25 metros. O volume neste momento é de 31.376.297 milhões de metros cúbicos, um pouco acima dos 5% de sua capacidade.Mais >

Água do rio Piranhas chega com muita intensidade no município de Jucurutu


Imagens foram registradas nessa manhã de sábado, 24.

Açude Caldeirões é o primeiro a sangrar após 127 milímetros de chuva no mês


O açude Caldeirões, na cidade de Saboeiro, atingiu 100% da sua capacidade nesta terça-feira (20). Este foi o primeiro dos 155 açudes monitorados pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh) a sangrar neste ano.

O reservatório sangrou após o acúmulo de 127 milímetros de chuvas ocorridas em Saboeiro desde o início de fevereiro, conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). 

Ainda segundo a Funceme, choveu nesta terça-feira 115 cidades com precipitações de até 148 milímetros, no município de Milagres. Em Barro e Mauriti a chuva foi de mais de 80 milímetros.Mais >

Chuva de 110mm é registrada entre zona rural de Parelhas e Carnaúba dos Dantas


Na tarde e noite desta quinta-feira (22/02) choveu em todo município de Carnaúba dos Dantas e também no município de Parelhas, no Seridó do Rio Grande do Norte, e a chuva chegou a pluviometria de 180 milímetros.
  • Carnaúba dos Dantas, 45 milímetros;
  • Monte do Galo, 42 milímetros
  • Rajada, 48 milímetros
  • Povoado Ermo, 42 milímetros
  • Lagêdo, 60 milímetros
  • Garrotes, 65 milímetros
  • Boa Sorte, 70 milímetros
  • Boqueirão, 50 milímetros
  • Carnaúba de Baixo, 38 milímetros
  • Curujinha, 110 milímetros
  • Povoado Barra, município de Parelhas, choveu 110 milímetros.

As informações foram confirmadas pelo blogueiro Toscano Neto

Afluente importante do velho Itans, açude de Santa Luzia começa a ser reabastecido


O açude público de Santa Luzia-PB que estava totalmente seco, com as boas chuvas caídas ontem (18/02) em Santa Luzia e na região, começa a ser reabastecido d’água pluvial.
Segundo informações de Chico do Rádio, nesse domingo (18/02) foi registrada a melhor chuva neste ano de 2018 na cidade de Santa Luzia e na região do Vale do Sabugi.

Foto: Chico do Rádio / Reportagem: Toscano Neto

Em Santa Cruz , no agreste, choveu mais de ‘100 mm’ em menos de uma semana


Santa Cruz registrou chuvas que, somadas, tiveram mais de 100 milímetros ao longo da semana passada.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Agricultura, o dia que mais choveu foi a Quarta-feira de Cinzas, com quase 70 mm. Na sexta e no sábado outras chuvas intensas caíram sobre Santa Cruz, com mais de 30 mm no acumulado, totalizando mais de 100 mm em menos de uma semana.

Em algumas comunidades rurais o número também se aproximou disso, o que trouxe boa expectativa para o homem do campo de um bom período chuvoso neste ano de 2018, já que a quadra chuvosa da região está apenas começando.Mais >

No acumulado de 2018, Parnamirim já choveu 318mm. Veja outros municípios


Em Caicó, no semi-árido do Rio Grande do Norte, as chuvas passaram dos 108 milímetros, segundo a Emparn.Mais >

Água da chuva provoca alagamento em ruas e invade casas em Parnamirim


A chuva que cai sobre o Rio Grande do Norte desde a noite desta terça-feira (13) tem causado danos e alagado ruas nas cidades potiguares. Em Parnamirim, na Grande Natal, a água alagou vias e invadiu as casas.

A área comum de entrada de um condomínio residencial na Avenida Doutor Luiz Antônio, bairro Jardim Planalto, também foi tomada pela água da chuva.

A entrada principal do Condomínio Residencial Santos Dumont foi interditada pela administração. Os moradores só conseguem entrar ou sair do condomínio por um acesso na parte de trás do terreno.Mais >

No Ceará, em uma semana, 81 açudes recebem aporte e um sai do volume morto


Com as chuvas dos últimos sete dias, 81 açudes no Ceará receberam aporte de água. Com o ganho dos últimos dias, o reservatório Premuoca, em Uruoca, deixou o volume morto.

Conforme dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), nos últimos sete dias, o volume armazenado dos reservatórios cearenses cresceu 16,4 milhões de metros cúbicos. Com base na estimativa das perdas com evaporação e do volume liberado para consumo, a estimativa é de que o aporte total tenha sido de 32,4 milhões de metros cúbicos.

Mais >