Site oficial de Michel Temer é hackeado

2-crop
O site oficial do presidente Michel Temer (PDMB) foi hackeado na madrugada de sexta (30) para sábado (31). A página agora exibe uma imagem do presidente com um ar de desgosto e um rap de crítica ao governo de fundo.
O grupo NOV3 disse ser responsável pela invasão, postando uma mensagem contra o consumismo e pedindo “pena de morte pra quem tá no Congresso”. Os hackers também afirmam que os políticos deveriam responder por crime hediondo.

Escreva sua opnião

O seu endereço de e-mail não será publicado.