Status olímpico: A brasileira Jady Bolt vira estrela de reality show em TV francesa

00

Jady Bolt continua a chamar atenção da mídia internacional. A carioca de 20 anos, que ganhou fama por ter passado algumas horas na cama com Usain Bolt, será a estrela de um reality show da rede francesa TF1, uma das líderes de audiência por lá. Uma equipe da emissora está na cola da moça para mostrar o seu dia a dia.

Pelo que a coluna apurou, Jady vai ganhar um bom dinheiro mostrando sua vida para os franceses. A equipe tem seguido a morena em sua peregrinação pelos programas de auditório, aos consultórios e clínicas estéticas de profissionais que aceitaram fazer permuta para repaginá-la, e ainda vão entrevistar amigos, família e vizinhos em Campo Grande, onde ela mora.Mais >

Boa ação de bombeiro potiguar é destaque em programa nacional

00
A prova dos 200m dos Jogos Olímpicos do Rio, realizada no dia 17 de agosto de 2016, no Engenhão, e que terminou com mais uma vitória do jamaicano Usain Bolt, foi marcante para os presentes no local. Porém, uma pessoa viveu um momento ainda mais especial. O catador de lixo Isaque Santos Francisco entrou em um estádio pela primeira vez na vida. Tudo graças a uma boa ação de um bombeiro potiguar.
Na capital carioca desde março para trabalhar pela Força Nacional na segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o soldado Gildson Canuto, de 35 anos – que atua no Grupamento de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte – resolveu aproveitar o dia de folga para ir ao Engenhão acompanhar a competição. Inicialmente a companhia dele seriam apenas amigos da Força Nacional, mas um imprevisto acabou mudando tudo.Mais >

‘Estou devastado’, diz japonês que ‘derrubou’ sarrafo com pênis

01

O japonês Hiroki Ogita, de 28 anos, virou meme nas redes sociais depois de uma prova de salto com vara no Rio de Janeiro. Nas imagens da competição, os expectadores tiveram a impressão de que ele derrubou o sarrafo com o pênis. A imprensa internacional deu amplo destaque ao caso, o que irritou o atleta.Mais >

Atletas das Forças Armadas do Brasil superam meta e chegam a “doze” medalhas olímpicas

O programa de incentivo aos atletas das Forças Armadas do Brasil tinha uma meta para os Jogos Olímpicos do Rio: que os atletas militares conseguissem ao menos dez medalhas para o país. A Olimpíada ainda tem mais três dias de competições, mas o número já foi superado após dois ouros conquistados nesta quinta-feira (18). Mais >

Nadadores americanos forjaram assalto no Rio; o comitê olímpico dos EUA “pede desculpas”

AO CONTRÁRIO, BRASILEIROS ESTARIAM PRESOS NO ESTADOS UNIDOS

O Comitê Olímpico dos Estados Unidos pediu desculpas ao Brasil pelo comportamento dos nadadores do país que forjaram um assalto no Rio de Janeiro.

“O comportamento desses atletas não é aceitável, nem representa os valores do time americano ou a conduta da vasta maioria de seus membros”, afirmou Scott Blackmun, CEO do comitê. “Em nome do Comitê Olímpico dos Estados Unidos, nós pedimos desculpas para nossos anfitriões no Rio e para o povo do Brasil”.Mais >

Câmera suspensa desaba e fere duas mulheres no Parque Olímpico no Rio de Janeiro

4

Uma câmera suspensa, conhecida também como “cable cam”, que fica presa por dois cabos de aço no alto, caiu na tarde desta segunda-feira no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, onde o fluxo de torcedores é intenso durante todo dia.Mais >

Em crise, Comitê Rio-2016 deixa atletas da Paralimpíada sem passagens

Num esforço para cobrir problemas de caixa com o evento olímpico que entra em sua segunda semana, os organizadores da Olimpíada de 2016 usam parte dos recursos da Paralimpíada e deixam de comprar as passagens para os atletas que, em setembro, disputam o evento na cidade carioca.Mais >

Polícia volta ao Complexo da Maré após ataque à Força Nacional; uma morte está confirmada


Um dos três feridos durante a operação policial desta manhã no Complexo da Maré morreu há pouco no Hospital Evandro Freire, na Ilha do Governador. Igor Barbosa Gregório Augusto, de 19 anos, ele foi encontrado pela polícia já no hospital. Mais >

Nossa medalha de ouro na Olimpíada Rio-2016 veio pelas mãos de uma Sargento da Marinha


4

Um dos esportes mais prolíficos para o Brasil na história dos Jogos Olímpicos, o judô vem tendo mulheres como protagonistas nas últimas edições. Com os homens em jejum de ouros desde a edição de Barcelona 1992, Rafaela Silva, ganhadora no Rio de Janeiro, é a segunda campeã do País.Mais >

Brasil só empata com fraco Iraque e corre risco de “vexame olímpico”


A seleção olímpica do Brasil voltou a decepcionar. Neste domingo (7), conseguiu a proeza de ficar no 0 a 0 com o fraquíssimo Iraque. Continua sem vencer, sem fazer gols, sem jogar futebol. E tem até ameaçada a sua classificação para as quartas de final dos Jogos do Rio-2016. Para não correr riscos e continuar a sonhar com o ouro, tem de vencer a Dinamarca — líder do Grupo A com 4 pontos depois de bater a África do Sul por 1 a 0 –, nesta quarta-feira (10), na Arena Fonte Nova, em Salvador.Mais >

RN terá 40 representantes participando dos Jogos Olímpicos Rio 2016


6

O Rio Grande do Norte está muito bem representado nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. No total, 40 potiguares estarão competindo e trabalhando nas Olimpíadas, cuja abertura acontece hoje (5), e também nas Paralimpíadas, com data de início no dia 7 de setembro. Mais >

Tiroteio deixa Delegação da China presa em tiroteio perto do Complexo da Maré, no Rio de Janeiro


5

A delegação de basquete masculino da China ficou presa em meio a um tiroteio próximo ao Complexo da Maré, na zona norte do Rio, nesta quarta-feira. Segundo informações do canal SporTV, o ônibus que levava os atletas, a comissão técnica da seleção do país e jornalistas chineses havia acabado de sair do Aeroporto Internacional do Galeão quando passou pela troca de tiros que aconteceu entre as Linhas Vermelha e Amarela.Mais >

Existência do grupo radical no Brasil foi informada pelo FBI


As informações de que uma suposta célula terrorista ligada ao Estado Islâmico estaria atuando no Brasil partiram do FBI, agência americana de investigação. O órgão encaminhou um documento ao governo brasileiro avisando que pelo menos seis pessoas faziam apologia ao grupo e apresentavam características extremistas. Mais >

Franceses investigam compra de votos em eleição para Olimpíada-2016

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Justiça francesa abriu investigação para avaliar a possível compra de votos na escolha das sedes das Olimpíadas de 2016 e 2020, que culminou com as vitórias das candidaturas de Rio de Janeiro e Tóquio, respectivamente. A informação foi divulgada pelo jornal The Guardian.

A investigação faz parte do processo que apura escândalo de corrupção no atletismo mundial e que já levou à prisão de alguns dirigentes. O objetivo das autoridades é descobrir se os casos de propina vão além da Iaaf, atingindo o Comitê Olímpico Internacional (COI) – que tem afirmado regularmente viver uma nova fase após sofrer com casos de suborno na escolha de Salt Lake City para os Jogos de Inverno de 1999.

De acordo com a reportagem, a investigação mostra que Lamine Diack, ex-presidente da Iaaf e membro do COI, providenciou “seis parcelas” a serem entregues a membros do COI em 2008 em prol de votos à candidatura do Qatar para os Jogos de 2016. O dirigente seria o responsável por receber o pagamento e repassar aos outros dirigentes antes das eleições, que ocorreram em 2009.