UFRN recebe apoio da OAB para restauração de prédio da Faculdade de Direito


A restauração do prédio da antiga Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi tema de reunião nesta sexta-feira, 16, entre o reitor em exercício da instituição, José Daniel Diniz Melo, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no RN (OAB-RN), Paulo Coutinho. Os professores aposentados da UFRN e ex-alunos da Faculdade de Direito, Carlos Gomes e Marcos Guerra, também participaram do encontro para prestar contribuições e saber novidades acerca dos trâmites para concretização das obras. 

Representantes da Superintendência de Infraestrutura (Infra) apresentaram as perspectivas da restauração do prédio inaugurado em 1908, no bairro da Ribeira, para inicialmente funcionar o Grupo Escolar Augusto Severo e que, de 1956 a 1973, abrigou a Faculdade de Direito da UFRN. Após a restauração, pretende-se transformar a construção no Centro de Extensão, Cidadania e Cultura da UFRN, com espaços para Memoriais da Educação e Cultura Jurídica, Centro de Arte e Cultura, Centro de Triagem da Prática Jurídica, Auditório, Centro de Referência em Direitos Humanos e Escritório de Projetos em Áreas de Valor Patrimonial. Mais >

UFRN pesquisa uso da Cannabis


A decisão da Justiça Federal também autoriza que os laboratórios da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), sejam utilizados para estudo e manuseio do material que será importado e produzido para tratamento da idosa. Um dos documentos apresentados pela defesa da idosa foi uma declaração do diretor do Instituto do Cérebro da UFRN, Sidarta Ribeiro, sobre os benefícios da Cannabis para a Doença de Parkinson.

O neurocientista e diretor do Instituto do Cérebro do da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Sidarta Ribeiro defende o amplo debate sobre o uso da Cannabis Sativa para combater generalizações e a criminalização. “Existem evidências de que a cannabis tem valor terapêutico desde o século 19. O que existe é uma proibição por razões políticas e econômica que acabam tendo um impacto negativo nas pessoas. Mais >

HUOL assina contrato para obra de novo ambulatório pediátrico


Nesta sexta-feira, 26, os gestores do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), assinaram o contrato para realização da obra onde funcionará o novo ambulatório pediátrico da unidade. O investimento total de R$ 3.296.375,33 é proveniente do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), do Ministério da Saúde.

De acordo com o superintendente do HUOL, Stenio Gomes da Silveira, a iniciativa é tão importante que impactará dois hospitais vinculados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh): “atualmente, nosso serviço de Pediatria ocupa uma área da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), de modo que essa reestruturação, ao mesmo tempo que modernizará uma estrutura própria do HUOL, também vai liberar espaço para que outro afiliado toque seus projetos de melhorias”, explicou o gestor.Mais >

UFRN busca volutnários para participar de pesquisa sobre tratamento de sintomas associados às cólicas menstruais


Desde a adolescência, Geufrânia Araújo tem uma certeza: todos os meses ela vai viver pelo menos três dias de sofrimento. A arquiteta, de 39 anos, relata que, um pouco antes e durante a menstruação, as pernas pesam, a barriga se distende, a enxaqueca e os enjoos vêm e a pressão baixa, tudo isso acompanhado, é claro, pelas temíveis cólicas, traços que a impedem de levar uma vida próxima do normal no período. “O fluxo, o sangramento mesmo, não incomoda, o problema é essa enxurrada de sintomas que sinto”, explica. 

Da mesma forma que Geufrânia, estima-se que 65% das mulheres em idade reprodutiva sofram com os sintomas da dismenorreia primária, termo médicos para as cólicas menstruais. Além de dor uterina que, de tão intensa, pode ser irradiada para as costas ou para membros inferiores, são características associadas a esse quadro clínico cefaleia, náuseas, vômito, constipação e até desmaios, sintomas que se apresentam normalmente um dia antes do fluxo menstrual e chegam a durar até 72 horas.
Mais >

Missas de Natal e Ano Novo acontecem no Anfiteatro da UFRN

As tradicionais missas de Natal e Ano Novo na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) serão realizadas no Anfiteatro da Praça Cívica do Campus Central, em Natal, a partir das 19h dos dias 24 e 31 de dezembro de 2017.

O capelão da UFRN, cônego José Mário de Medeiros, será o celebrante de ambas as missas, que terão transmissão ao vivo pela Televisão Universitária (TVU). Coordenadas pela Equipe de Liturgia da Capela da UFRN e pelo Cerimonial do Gabinete da Reitoria, com apoio de outros setores da universidade, as celebrações atraem milhares de fiéis todos os anos.

Campus do Ceres Caicó sedia Encontro Potiguar de Física

A Sociedade Brasileira de Física (SBF) realiza, com apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o II Encontro Potiguar de Física, que ocorre nos dias 5 e 6 de dezembro, no campus do Ceres, em Caicó. O evento abrange diversas áreas temáticas como Astronomia, Física Atômica e Molecular, Física Biológica, Física Nuclear e Aplicações, Cosmologia e Óptica e Fotônica.

A abertura do evento será com uma palestra do professor Antonio Azevedo da Costa, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com o tema Magnetismo e suas Aplicações Tecnológicas. O professor José Renan de Medeiros, da UFRN, comanda plenária sobre Os Novos Mundos do Cosmo. Na quarta-feira, a professora Ana Lúcia Dantas, da Universidade do Estado (UERN), debate sobre tema Teoria de Nanomagnetismo. O encerramento será com a palestra Redes Complexas e suas Aplicações, com o professor Luciano Rodrigues, da UFRN. Os presentes poderão ainda participar de sessões paralelas com apresentação oral e sessão de painéis.

Haverá ainda mostra de Experimentos Públicos como a Cozinha com Nitrogênio Líquido, Drone e Projeção de Espectros Luminosos e visita virtual ao Experimento Atlas do CERN, sendo essa parte da programação dirigida à comunidade local de professores e alunos do Ensino Médio das escolas da região, com entrada gratuita. O evento tem apoio do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) e Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).Mais >

Imagens que impressionam: Açude Itans


Olá;
Na última semana, uma equipe do Laboratório de Geoprocessamento e Geografia Física (LAGGEF), do CERES/UFRN, realizou um voo sobre o açude Itans, utilizando um VANT (drone). Na ocasião, fora capturadas imagens do reservatório, a fim de mostrar a atual situação na qual se encontra o mesmo.
Esta mensagem segue para os blogs de maior destaque da cidade. 
Assessoria

Mais >

UFRN: Escola Agrícola de Jundiaí abre inscrições em cursos para jovens e adultos


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) através da Escola Agrícola de Jundiaí(EAJ) está com inscrições abertas em cursos de formação inicial e continuada (FIC) Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), modalidade Educação de Jovens e Adultos(EJA) nos municípios de Canguaretama, Luís Gomes, Major Sales, Natal, Parelhas, Pau dos Ferros, Rafael Fernandes, Riacho de Santana, Santana do Seridó, Serra de São Bento, Serra Negra do Norte, Serrinha, Serrinha dos Pintos, Umarizal e Vera Cruz. 

Os cursos são ofertados para estudantes da rede pública estadual matriculados no ensino fundamental ou médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) Médio. Os interessados podem procurar as Secretarias de Assistência Social ou de Educação dos municípios contemplados pela oferta até o dia 30 de novembro para efetuar a inscrição.Mais >

UFRN define quadro de vagas para Sisu

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) aprovou na manhã desta terça-feira, 10, o quadro de vagas que a instituição oferece neste ano através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Ao todo, serão 6923 oportunidades, das quais 4639 para o primeiro semestre e 2284 para o segundo. 

A proposta foi aprovada sob a relatoria da conselheira Maria das Vitórias Vieira Almeida de Sá durante a oitava sessão extraordinária do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe). Em seu parecer, ela identificou que todas as propostas de acréscimo feitas pelos Centros Acadêmicos foram aceitas, resultando em mudanças no número de vagas nos seguintes cursos: Letras-Inglês, Letras-Língua Portuguesa, Canto e Instrumento, Pedagogia e Geografia, estes dois últimos vinculados ao Ceres de Caicó. Outra modificação é que o curso de Ciências da Computação passa a ofertar vagas para 2º ciclo.

A mesma resolução também delimitou as vagas que a UFRN oferece através de outros processos seletivos. Neste caso, o Processo Seletivo Específico, que é aplicado nos cursos de Dança, Letras Libras, Música e Teatro, serão 205 vagas; para cursos de 2º ciclo, 750 oportunidades; Programa Estudantes Convênio de Gradução (PEC G), com 98 vagas; convênio com instituições do Timor-Leste 44; por fim, 49 vagas para mobilidade interna, casos em que o estudante muda para o mesmo curso de outro campus. Somando estes números com o do Sisu, a UFRN oferece oportunidades para 8069 novos alunos ingressarem na instituição.Mais >

Caicó: Ceres realiza colóquio de debates contemporâneos em Direito

O Departamento de Direito, do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), Campus Caicó, vinculado à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), realiza, nos dias 28 e 29 de setembro, o I Colóquio Seridoense de Debates Contemporâneos em Direito.

O evento ocorre no auditório do Ceres, em Caicó, e faz parte das atividades do projeto Café, Direito e Arte, que tem aplicação durante todo o período 2017.2. A programação, disponível no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa), conta com atividades culturais, mesas-redondas e palestras.

A conferência de abertura acontece no dia 28 de setembro, às 19h40, com o debate sobre gênero, afetividade e parentalidade, com participação dos professores Dimitre Soares, Tânia Cristina Meira Garcia e Priscila Brandão.Mais >

UFRN inscreve até segunda-feira para vagas residuais


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve), está com inscrições abertas até a próxima segunda-feira, 4 de setembro, para interessados na ocupação de vagas residuais nos campi de Natal, Macaíba, Caicó, Currais Novos e Santa Cruz.

São ofertadas 409 vagas nos cursos de graduação da UFRN, distribuídas conforme quadro de vagas anexadas no edital do processo. A taxa de inscrição no valor de R$ 30 deve ser paga até a terça-feira, 5. O processo seletivo conta com provas objetivas de Língua Portuguesa e Matemática, redação e prova de títulos. Os exames escritos acontecem no dia 1° de outubro. No site da Comperve é possível acessar a agenda do candidato, o programa de estudos e a lista de documentos necessários para participação na seleção. As vagas são para ingresso no primeiro semestre letivo de 2018.

Ceres Caicó exibe documentário sobre história da cigana Sebinca Christo

O Departamento de História do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres) promove, no próximo dia 22 de setembro, a exibição do documentário Sebinca Christo e as construções de uma devoção. O evento é gratuito e aberto ao público interno e externo do Ceres.

Inspirado na tese de doutorado do professor Lourival Andrade Junior, do Departamento de História do Ceres, o documentário conta a história da cigana Sebinca Christo, falando sobre sua morte e transformação em milagreira de cemitério na cidade de Lages, Santa Catarina. A obra apresenta diferentes vozes sobre a personagem, “sem julgamentos ou juízos de valor”, segundo Lourival.

A produção é dirigida pelo próprio professor Lourival e contou com a parceria do cineasta Fernando Leão, do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS). “Tratamos de ciganidade, de práticas católicas não oficiais e seu hibridismo com as religiões afro-brasileiras”, conclui Lourival Andrade.Mais >

UFRN discute como contribuir para segurança pública


Iniciativas voltadas à segurança pública foram discutidas em reunião nesta terça-feira, 15, entre o reitor em exercício da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo, a secretária estadual de Segurança, Sheila Freitas, e os superintendentes das polícias Federal e Rodoviária Federal, Wellington Clay Porcino e Marcelo Montenegro. Os gestores encaminharam a elaboração de uma proposta de pós-graduação em Segurança Pública e se encontrarão novamente em setembro para contribuir com o detalhamento do projeto, como forma de atender às necessidades do sistema.

Também ficou acertada a realização de um workshop sobre o tema ainda neste ano, com o intuito de qualificar e reunir pesquisadores da área. Atualmente, existem 86 projetos de pesquisa e 112 de extensão na UFRN que abordam aspectos da segurança pública. Diante desses números, o superintendente da Polícia Federal sugeriu a criação de um grupo que aproxime todas as pessoas envolvidas nesses trabalhos, o que pode ser concretizado a partir do workshop idealizado pelo pró-reitor de Pesquisa da UFRN, Jorge Tarcísio Falcão.Mais >

Seridoense estudante de Pedagogia do Ceres vence prêmio nacional de pesquisa

O estudante de Pedagogia Geovar Miguel dos Santos, do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), ganhou o Prêmio de Incentivo à Pesquisa do 37º Encontro Nacional de Estudantes de Pedagogia com o trabalho “Experiências inovadoras na educação: subvertendo a lógica vigente da educação”. O trabalho vencedor abordou a educação inovadora e problematizou a escola enquanto instituição tradicional.

Para realizá-lo, Geovar Miguel tratou de três experiências educativas. A primeira é a Escola Projeto Âncora, na cidade de Cotia, São Paulo, em 1996; a outra é a Escola Ponte, na Vila das Artes, Portugal, 1976; e a Pedagogia Waldorf, em Stuttgart, Alemanha.

UFRN recebe proposta de parceria com município de Campo Grande


Parcerias para educação ambiental foram discutidas nesta quinta-feira, 03, entre representantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), da prefeitura do município de Campo Grande e do Instituto Gentil, que realiza um projeto social na região do médio oeste potiguar.  A ideia é transformar Campo Grande em “uma referência na preservação do bioma da caatinga”, explicou o fundador do instituto, Antônio Gentil.

A pró-reitora de Extensão da UFRN, Maria de Fátima Freire de Melo Ximenes, ressaltou a importância da iniciativa em virtude da ameaça de desertificação da caatinga, bioma presente em mais de 80% do Rio Grande do Norte. “O Estado possui pequenas unidades de conservação, mas é preciso fazer mais para superar o problema”, citou. A reunião também despertou ideias para ações junto ao Instituto Metrópole Digital (IMD) e à Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq), com foco em incubação de empresas e descoberta de jovens talentos no município.

“O conhecimento transforma e multiplica, por isso queremos contribuir para a consolidação dos projetos em Campo Grande”, afirmou a reitora, Angela Maria Paiva Cruz, que sugeriu a formalização da parceria que será discutida com a Secretaria de Gestão de Projetos (SGP) da UFRN.Mais >

CURSOS GRATUITOS: Atenção galera de Caico; a Unicursos Fortaleza está de volta!


?SÁBADO (05/08).

* Duração: 04 sábados
•Assistente Administrativo com Recursos Humanos 08 as 10h;
•Atendente de Clínicas e Hospitais 10h as 12h;
•Atendente de Farmácias 13h as 15h;
•Assistente Administrativo com Recursos Humanos 15h as 17h. Faça sua matrícula no nosso site

www.unicursosfortaleza.com.br ou clicando no botão “CADASTRE-SE” na nossa pagina do Facebook (Unicursos Fortaleza). Para mais informações entre agora em um de nossos WhatsApps: (85) 99928-0325 Tim; (85) 99752-3333 Tim; ou (85) 98582-0372 Oi.

?Local do curso: Auditório da UFRN – Universidade Federal

UFRN abre processo seletivo para ocupação de vagas residuais em agosto


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve), abre inscrições, de 14 de agosto a 4 de setembro, para interessados na ocupação de vagas residuais nos campi de Natal, Macaíba, Caicó, Currais Novos e Santa Cruz.

O processo seletivo conta com provas objetivas de Língua Portuguesa e Matemática, redação e prova de títulos. Os exames escritos acontecem no dia 1° de outubro, simultaneamente, nos municípios de Natal, Caicó, Currais Novos e Santa Cruz.Mais >

Alunos de Medicina da UFRN fazem prevenção de cardiopatia

Nesse domingo, 11, frequentadores do Parque das Dunas, em Natal, foram assistidos por alunos do Curso de Medicina do Departamento de Pediatria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), quanto a informações e tratamento da cardiopatia congênita. O foco foram crianças, já que as doenças cardiovasculares atingem cada vez mais os jovens.

A ação fez parte do Dia Nacional da Cardiopatia Congênita comemorado nessa segunda-feira, 12, por meio da Lei n. 1.853-A, de 2015. De caráter extensionista, a ação da UFRN investe em disseminação da informação para fins de preservação da saúde e prevenção de doenças.  Uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo, as estatísticas apontam que cerca de 20% de crianças cardiopatas morrem no primeiro ano de vida.

Por Sirleide Pereira – Ascom-Reitoria/UFRN 

Aluna da UFRN vence competição mundial de imagens do cérebro

A aluna de pós-doutorado do Instituto do Cérebro (ICe), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Bruna Landeira, foi premiada nesta segunda-feira, 5, pelo NeuroArt: Celebrating the beauty of the brain, competição de imagens do cérebro realizada pela empresa MBF Bioscience.

De acordo com a pesquisadora do Laboratório de Neurobiologia Celular, chefiado pelo professor Marcos Romualdo Costa, o concurso ocorre em nível mundial com o intuito de reconhecer e premiar cientistas pela forma como eles enxergam a beleza do cérebro por meio de imagens. A competição possui duas categorias que são o People’s Choice, com votação do público, e o Juro’s Choice, com votos de jurados cientistas e artistas escolhidos pela MBF Bioscience.

A imagem de Bruna Landeira foi a mais votada no People’s Choice e foi adquirida com o microscópio confocal Zeiss LSM 780 laser scanning, o qual permite aumentar o contraste da imagem microscópica e melhorar a definição de amostras de tecido mais espesso. “A minha imagem mostra neurônios imaturos migrando para o seu destino final durante o desenvolvimento do córtex cerebral e essa é a base do meu projeto no ICe, onde busco estudar como os neurônios se especificam e determinam o seu destino durante o período embrionário”, explica sobre sua imagem.Mais >

UFRN e Polícia Militar discutem parcerias na área de segurança pública


O comandante geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN), coronel André Luiz Vieira de Azevedo, conheceu a estrutura da Diretoria de Segurança Patrimonial (DSP) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na última sexta-feira, 2. Na ocasião, reuniu-se com a reitora da Instituição, Ângela Maria Paiva Cruz, e o vice-reitor, José Daniel Diniz Melo, para discutir parcerias entre PM e UFRN, tanto o quesito segurança pública, quanto cooperações para qualificação dos militares.

Ângela Paiva citou algumas contribuições já realizadas pela Universidade para a polícia, como os recursos tecnológicos desenvolvidos pelo projeto Smart Metrópolis, do Instituto Metrópole Digital (IMD), que contribuem para a agilidade no atendimento à população. A reitora ainda lembrou iniciativas da UFRN para debater a segurança pública, a exemplo da Aula Magna do primeiro semestre de 2017, na qual o sociólogo Sérgio Adorno abordou o tema A violência na sociedade brasileira contemporânea: tendências, dinâmicas e respostas do Estado.

Os desafios e as recentes conquistas da Polícia Militar foram apontados pelo comandante geral, que reconheceu a importância da Universidade no aperfeiçoamento policial e se dispôs a estreitar relações para também auxiliar na segurança da instituição. “Queremos afinar nossas parcerias com a PM e aproveitamos para pedir o reforço policial em áreas próximas aos campi em Natal e no interior, com vistas à segurança dos alunos e servidores”, destacou Ângela Paiva.